A Escola As Pensadoras é estruturada virtualmente e tem como objetivo oferecer formação feminista e estudo do pensamento de mulheres guiados por mulheres intelectuais. Trabalhamos com uma proposta de pedagogia feminista, cuja prática estabelece o diálogo interdisciplinar comunitário e promove a formação de pensamento emancipatório. Apresentamos uma agenda democrática com cursos de curta, média e longa duração, oferecendo um currículo, cuja concepção, é emancipadora, feminista e plural. Mais de sete mil alunas já passaram pela Escola em 2020, que acolheu cursistas de 14 países. 

Os cursos são ministrados por um corpo docente qualificado e representativo. Nossas professoras vêm de todos os lugares do país, de universidades reconhecidas e valorizadas pela sua capacidade de produção ética de conhecimento. 

A Escola nasceu de um curso intitulado “As Pensadoras”, que tinha como objetivo principal estudar os feminismos presentes nas teorias que produzimos. A proposta avançou, e começamos a propor estudos sobre o pensamento de mulheres invisibilizadas e desconhecidas na história do pensamento humano. Oferecemos um curso de estudos feministas em março de 2020, e hoje nos transformamos em uma Escola de Formação. 

As Consultoras da escola são mulheres, pesquisadoras e professoras, vinculadas a diversas universidade brasileiras, que estudam mulheres e militam dentro da teoria feminista plural. 

Nossas cursistas vêm de diferentes áreas do conhecimento e de atuações profissionais, apresentando perfis bastante plurais e interdisciplinares. Em comum, buscam conhecer ou aprofundar o conhecimento acerca do pensamento de mulheres pensadoras e de teorias feministas que seguem marginalizadas em nossos campos de conhecimento. O único pré requisito para participar de nossas ações é o interesse por esses temas.

Desejamos um mundo melhor, com equidade de gênero, e entendemos que a formação intelectual das mulheres é fundamental para a diminuição abismal da desigualdade de gênero nas diferentes áreas de conhecimento e na sociedade. A Escola As Pensadoras se apresenta como um espaço de fortalecimento e aliança intelectual entre mulheres e pretende fortalecer os espaços públicos de formação das mulheres para construir uma universidade feminista plural. 

Vem com a gente, vem ser uma pensadora! 

A EQUIPE

Rita de Cássia Fraga Machado

Idealizadora e coordenadora-geral

Rita de Cássia Fraga Machado é a idealizadora e coordenadora geral da Escola As Pensadoras. Professora de Filosofia na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), no campus Tefé, é vice-coordenadora do Programa de Pós Graduação em Educação da UEA. É pesquisadora associada ao GT Filosofia e Gênero da ANPOF (Associação Brasileira de Pós-Graduação em Filosofia), do qual é integrante do núcleo estruturante. Também é membro da Rede Brasileira de Mulheres Filósofas. Tem diversas produções nos Estudos Feministas, na Filosofia Feminista e Mulheres.

Roselaine Machado

Coordenadora Administrativa

Roselaine Machado é a coordenadora administrativa da escola. Administradora de formação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Rose possui especialização em Gestão pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Suas experiências, em sua maioria, foram na área da saúde.

Lia Victória

Coordenadora de projetos

Lia Victória é administradora graduada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e integra a equipe administrativa. Tem mestrado em Políticas Sociais pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e cursa doutorado em Políticas Sociais e Direitos Humanos no Programa de Pós-Graduação da mesma universidade. Atua profissionalmente na elaboração, execução e gestão de projetos desde o ano de 2008 no âmbito da extensão universitária. É militante do movimento de economia solidária, convicta da necessidade de um modo de produzir e consumir em que a vida seja o fim e não o lucro.

Larissa Mundim

Coordenadora editorial

Larissa Mundim é coordenadora editorial da editora As Pensadoras. Escritora, editora e jornalista graduada pela UFG, com pós-graduação em Arte Contemporânea pela mesma instituição. Idealizadora da e-centrica.org (2015), fundadora da Casa da Cultura Digital (2003) e da NegaLilu Editora (2013). Atualmente, integra a Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) da Secretaria Especial de Cultura do Ministério da Cidadania. Tem quatro livros publicados: Sem Palavras (2013), Agora eu te amo (2014), Operação Kamikaze (2015) e faz rs (2016). Pela NegaLilu Editora, é responsável pela coordenação editorial de mais de 30 livros, em formato físico e eletrônico.

Ana Carolina Rossetti

Assistente administrativa

Ana Carolina Rossetti é aluna da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) no curso de Letras Bacharelado em Tradutor e Intérprete de Libras e integra a equipe administrativa da Escola As Pensadoras. É associada da FBB há mais de 15 anos e desenvolve diversos projetos nas áreas de saúde do jovem, direitos das mulheres, autoestima e preservação do meio ambiente.

Lara Rei

Diretora de Arte

Lara Rei é designer e diretora de arte da nossa Escola. Nascida e criada em Porto Alegre, é formada em Design Estratégico pela Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos) e tem especialização em temas como branding, design thinking, design de superfícies e processo criativo. Como designer e diretora de arte, trabalhou no Studio Bah Design e é co-fundadora da Holic Design. Hoje colabora com a comunicação da Escola e também é diretora criativa na Abio Design Studio.

Maiara Marinho

Assessora de Comunicação

Maiara Marinho é jornalista e faz parte da equipe de comunicação da Escola. É graduada em jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e mestra em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Fez intercâmbio durante a graduação na Universidad Minuto de Dios, na Colômbia. Durante a graduação construiu as Revista o Viés (Santa Maria) e Revista Vírus (Rio de Janeiro). Integra a coordenação política do Instituto de Estudos Políticos Mário Alves (IMA). Fez parte da equipe que desenvolveu a série documental sobre o resgate da memória do movimento estudantil gaúcho no período de redemocratização, pelo IMA, atuando como entrevistadora e roteirista. É colaboradora do jornal Brasil de Fato, com atuação em São Paulo. Em 2018 coordenou o Comitê em Defesa da Democracia, na cidade de Pelotas, durante o segundo turno da eleição presidencial.