APRESENTAÇÃO DO CURSO


O Direito é um campo estruturado por homens e para homens. Desde o funcionamento das instituições, que mimetizam e reproduzem as desigualdades formais, materiais e simbólicas entre homens e mulheres, que desencadeiam, por exemplo, decisões judiciais masculinistas, até mesmo pelo ensino jurídico brasileiro que contempla, majoritariamente, vozes masculinas como protagonistas do saber jurídico. Ao observar as discussões consideradas paradigmáticas no Direito, assim como seus interlocutores, “grandes” doutrinadores ou figuras emblemáticas, percebe-se que, na verdade, tratam-se de sujeitos masculinos. Às mulheres recai o papel da subalternidade e do outro.


Este curso tem como objetivo principal discutir o pensamento de autoras cujas ideias possam trazer luzes interpretativas sobre o Direito e  atuação jurídica, a partir de distintos olhares, campos, perspectivas e temas, bem como de uma análise interdisciplinar, questionando, como pano de fundo, a face obscura dos padrões universais de liberdade e igualdade que nunca se aplicaram da mesma forma a homens e mulheres. O universalismo seletivo da construção da modernidade jurídica não foi capaz de desafiar desigualdades estruturais e estruturantes, que se perpetuaram sob o manto da neutralidade quanto ao gênero, legitimando historicamente uma predisposição masculina, com desvantagens sistemáticas às mulheres. A primeira edição do curso propõe estabelecer diálogos interdisciplinares a partir do pensamento de Wendy Brown, Judith Butler, Catharine MacKinnon, Heleieth Saffioti, Lélia Gonzalez, Lygia Fagundes e Clarice Lispector. 

MEDIAÇÃO

Loiane Verbicaro

Professora

É professora da Faculdade de Filosofia e do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal do Pará (UFPA). Doutora em Filosofia do Direito pela Universidade de Salamanca (USAL). Cursa Pós-Doutorado em Filosofia e Teoria Geral do Direito na Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Direitos Fundamentais e Relações Sociais pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Mestra em Ciência Política pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Graduada em Direito pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Graduada em Filosofia (Bacharelado) pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Líder do Grupo de Pesquisa - CNPq: Filosofia Prática: Investigações em Política, Ética e Direito. Integrante da Rede Brasileira de Mulheres Filósofas.