Campanha para impressão do primeiro volume da Coleção As Pensadoras via plataforma Apoia.se.

Se queremos transformar a realidade em que vivemos, de hegemonia masculina histórica, e dar o devido espaço para a produção intelectual de mulheres, precisamos ter coragem e união. Apenas juntas vamos superar as barreiras que as mulher (…)

Um ano dedicado à formação intelectual democrática de mulheres

No mês de junho, celebramos nosso primeiro aniversário. E temos muito a comemorar! Um projeto que nasceu de um curso, se tornou escola, formou uma comunidade e hoje conta com livraria e editora própria. Essa é uma síntese do que conquis (…)

Seleção de atividades pedagógicas para 2022

Por meio de edital, a escola As Pensadoras torna público, no âmbito da Comunidade d’As Pensadoras, a seleção de quinze (15) atividades pedagógicas para compor parte da agenda de formação da Escola no ano de (…)

II Fórum d´As Pensadoras debate produção intelectual das mulheres no contexto da pandemia

Evento acontece virtualmente nos dias 28 e 29 de julho de 2021, das 14h às 21h45. Interessadas em participar podem se inscrever como ouvintes ou propor debates relacionados a um dos quatro eixos do fórum: Ciências, Ecofeminismo, Artes e Filosofia (…)

As Pensadoras em Sororidade - Resultado da seleção para vagas gratuitas no Curso As Pensadoras e Paulo Freire

Finalizado o período de inscrições para as quinze vagas gratuitas no Curso As Pensadoras e Paulo Freire. As vagas  foram doadas à Escola no âmbito do projeto As Pensadoras em Sororidade para vagas afirmativas. Inform (…)

Resultado do edital de seleção para monitoria voluntária no II Fórum d'As Pensadoras

RESULTADO DA SELEÇÃO: É com muita satisfação que divulgamos o nome de Paloma da Silva Figueiredo, comunitária que atuará com a Coordenação Geral na operacionalização do II F&o (…)

Ao longo do ano venho fazendo os minicursos das Pensadoras. Quero dizer que estou extremamente feliz e grata por todo o conhecimento compartilhado. Sou indígena-descendente Maxacali e faço parte do Wayra- Movimento Ancestral-Filosófico de Indígenas Mulheres, fundado em 2020 por Aline Kayapó, mas que vem sendo tecido ao longo dos últimos anos. O movimento tem o objetivo de ser uma rede de mulheres indígenas "pensadoras" para juntas construirmos um pensamento crítico à respeito da opressão e subjugação das mulheres indígenas. Isto é feito a partir de nossas histórias individuais e das histórias de nossas famílias e nossos povos diante dos processos coloniais impostos de diferentes formas sobre nossos corpos ao longo das últimas gerações. Aos poucos estamos construindo nossas pautas, áreas de atuação e projetos. Dentre os projetos, existe a ideia de criarmos a "Escola Wayrakunas" - de pensadoras indígenas contemporâneas."

Bárbara Nascimento Flores

Lindo de ver a criação da Escola de Formação Feminista As Pensadoras, que vem com a coragem, ousadia e a garra para questionar o histórico de silenciamento das mulheres na filosofia e áreas afins. Ele integra um movimento potente de desencastelamento do pensamento pela voz das mulheres e vejo nele um "impulso utópico", em referência a uma das autoras estudadas na primeira edição do Curso As Pensadoras, Seyla Benhabib. Segundo a filósofa, sem a utopia como princípio regulador da esperança, não só a moralidade, mas também a transformação radical e emancipatória é impensável. Enquanto mulheres, temos muito a perder ao desistir da esperança utópica em um outro mundo possível. As utopias mobilizam desejos e por isso são tão potentes quanto ameaçadoras... Que esse projeto coletivo que une tantos sonhos e ideais floresça e permita a esperança na possibilidade de um novo começo. Afinal, (re)começar é a suprema capacidade humana. Vida longa à As Pensadoras e a tantos outros projetos que hão de vir!

Loiane Prado Verbicaro

Participar desse curso "As Pensadoras - 3ª turma" da Rede Brasileira de Mulheres Filósofas, é a melhor experiência que estou vivendo nesta perspectiva. Tenho tido o prazer de ver no palco, e consequentemente conhecer Autoras, até então, pra mim, em sua maioria desconhecidas. Autoras estas, que me fazem pensar de outra forma, dando sentido ao que me acontece e vejo, que antes não conseguia, pois os argumentos estavam filtrados por uma lente tradicional, machista e branca. Com essas Autoras e seu elenco de Artistas, Cientistas, Professoras (apresentadoras) de suas obras, o espetáculo está pronto! O show apresentado tem sido simplesmente magnífico, esplêndido, de proporção inigualável. No Curso "As Pensadoras" me foi ofertado um caleidoscópio, onde o objeto de desejo está em constante movimentação.

Adriane Corrêa da Silva